Tokyo Disneyland

20160215_090356

Hoje vou começar uma mini-série de posts sobre o lugar que venho querendo comentar praticamente desde que criei este blog: o Tokyo Disney Resort. Embora o Magic Kingdom e a Disneyland California ainda sustentem os títulos de parques mais visitados no mundo, a unidade japonesa não fica muito atrás. Segundo dados levantados pela Themed Entertainment Association, em 2015 a Tokyo Disneyland e a Tokyo Disney Sea foram, respectivamente, 3º e 5º colocados no ranking de ingressos vendidos. Superando diversos parques importantes, como o Epcot, Animal Kingdom e até a Universal Studios.

Os motivos não são difíceis de entender. Parques gigantes, com atrações para todas as idades, muitas lojas e super perto da capital japonesa. Além, claro, do próprio entusiasmo da população local, que lota os espaços diariamente independente de alta ou baixa temporada. Enfim, nada abaixo do mundo mágico que encontramos em Orlando.

Particularmente cheguei a Disney Tóquio quase em abstinência, depois de ficar sem pisar em um parque de diversões por quase um ano (sou meio doente por este tipo de entretenimento, reconheço, como já comentei ao falar sobre o Parque Warner Madri). Então seria meio difícil não curtir cada momento como se fosse uma criança de 7 anos. Mas a verdade é que mesmo que tivesse acabado de voltar de Orlando, provavelmente teria amado do mesmo jeito. Apesar das várias semelhanças com as unidades americanas, a Tokyo Disneyland e, principalmente, a Disney Sea são parques imperdíveis, com toques próprios inconfundíveis.

Para dar conta de falar tudo e mostrar muitas fotos, vou dividir o relato em dois posts. Começando pela Disneyland, 3º parque mais visitado do mundo, que segue o mesmo modelo do Magic Kingdom e das versões francesa, chinesa e californiana.

O PARQUE

map_paradedisney

Assim como seus parques irmãos, a Tokyo Disneyland segue a fórmula das terras fantasiosas, neste caso: Adventureland, Critter Country, Fantasyland, Toontown, Tomorrowland, Westernland e World Bazaar. Tendo como principal astro, no centro de tudo, o castelo da Cinderella. Não preciso me alongar em dizer como tudo é lindo e bem cuidado.

As principais atrações da Disney estão presentes, como a Big Thunder Mountain, Star Tour, Jungle Cruise, Pirates of the Caribbean, Haunted Mansion, Space Mountain, Splash Mountain, dentre outras. A grande diferença em relação aos Estados Unidos são as filas. Não subestimem a paciência dos japoneses para esperar 1, 2, 3 horas nas filas dos brinquedos. Se você acha que já viu filas longas em Orlando, saiba que no Japão vai ser muito pior.

Por isso é de suma importância se organizar com o FastPass (sistema fura fila)! Em Tóquio, ainda utilizam o esquema antigo, de retirar presencialmente os bilhetes com horários de acesso aos brinquedos em máquinas de atendimento próximas aos inícios de cada fila. O processo em si é bem simples, basta passar o código de barras do ingresso no leitor da máquina que ela imprime automaticamente o bilhete com horário. O problema é se organizar para agendar os brinquedos mais concorridos com antecedência, sem correr o risco de ter que enfrentar 2 horas de fila.

Para isso, sigo a velha tática de correr nas atrações principais de manhã e deixar para passear a tarde. Reservo logo meus FastPass iniciais (são 3 disponibilizados), para poder pegar os extras no decorrer do dia. Quando a adrenalina das primeiras horas passar, ai sim dá pra começar a passear e tirar fotos.

Ao sair do parque, uma boa opção de fim de noite é ir na Ikspiari, área de entretenimento e alimentação, bem semelhante (embora em menor escala) ao Disney Springs de Orlando.

INGRESSOS

20160215_085634

A melhor opção é comprar pela internet, através do site oficial (www.tokyodisneyresort.jp/en). Eles começam a vender com três meses de antecedência. Quanto mais dias você comprar, mais compensa o pacote. O ingresso unitário custa hoje 7.400 ienes (aprox. R$ 240,00), enquanto o passaporte para dois dias custa 13.200 ienes (aprox. R$ 211,00 por dia). E lembrem-se do que falei sobre as filas! Se ir na Disney já faz parte do seu roteiro pelo Japão, compre com antecedência para economizar tempo.

ATRAÇÕES

20160215_104601

Acho meio desnecessário me estender muito aqui, visto que são atrações praticamente idênticas aos parques americanos. Mas para quem é ainda aspirante da Disney de primeira viagem, coloco um rápido resumo das rides principais. Lembrando que, obviamente, shows, vídeos e espetáculos são todos em japonês. Coloquei o símbolo (+) nos brinquedos que estavam mais disputados, portanto os que mais precisam de FastPass. A lista completa pode ser encontrada no site oficial (clicando aqui).

  • Pirates of the Caribbean – rápido passeio com bonecos animados numa vila de piratas.
  • Jungle Cruise – safári com bonecos de animais.
  • Big Thunder Mountain (+) – mini montanha russa bem leve.
  • Splash Mountain (+) – atração aquática com queda. Minha favorita da Disney! Nesta aceitam single rider (fila para quem está sozinho), se não quiserem gastar o FastPass.
  • It’s a Small World – Passeio de barco com criancinhas cantando aquela musiquinha insuportável, mas deliciosamente clássica.
  • Peter Pan’s Flight – Passeio bem bonitinho inspirado no clássico Peter Pan.
  • Pinocchio’s Daring Journey – Outro passeio bonitinho, mas nada demais.
  • Haunted Mansion (+) – A velha mansão assombrada, cheia de efeitos e sustos leves. Atração que adoro!
  • Roger Rabbit’s Car Toon Spin – Ride com um carro maluco que gira sem parar inspirada no filme.
  • Grand Circuit Raceway – Corrida em dupla, em carrinhos estilo kart. Não fui por que estava chovendo muito e não aceita FastPass.
  • Star Tours (+) – Simulador do Star Wars, já com atualização que contempla o Despertar da Força.
  • Space Mountain (+) – Outra atração que adoro, uma montanha russa indoor toda no escuro. Corra nela! Filas gigantes!
  • Monsters, Inc. Ride & Go Seek! – Brinquedo bem divertido de atirar. Se tiver com crianças, recomendo o FastPass. Se não, vá quando a fila estiver vazia.

ALIMENTAÇÃO

20160215_131545

O legal de se estar em um parque japonês é a variedade de coisas para comer. Embora seja bem fácil encontrar fast food e comida ocidental, a maior graça é procurar coisas diferentes. Consegui algumas opções bem gostosas, que normalmente não esperaria comer em um parque temático. A minha única crítica é que o local, por incrível que pareça, não tem opções de alimentação o suficiente para suprir a demanda de um dia com lotação alta. Quando eu fui, no período de 12:00 as 13:30, era rigorosamente impossível pedir comida e comer sentado, sem esperar um excessivo tempo nas filas. Para piorar, estava frio e chovendo, o que se tornava quase uma tortura almoçar ao ar livre. Resultado: depois de quase uma hora procurando algum lugar, acabei almoçando sentado no chão, ao lado de diversas famílias e outros visitantes que não haviam conseguido mesa.

COMO CHEGAR

20160216_090127

Mais fácil impossível! Lembre-se: você está no Japão, então o transporte público te leva a qualquer lugar. A Disney é atendido pela estação Maihama, parte da Keyo Line. Ela é acessível de diversos pontos de Tóquio, incluindo a Tokyo Station. Valores e trajetos vão depender de onde você estiver hospedado, mas como base de cálculo tenham em mente que entre Shinjuku (área super turística) e Maihama, a viagem dura em torno de 40 minutos e custa 390 ienes (aproximadamente R$ 12,00). Dentro do resort tem também um monorail que liga os parques, hotéis oficiais e áreas de entretenimento. Mas não precisa pegá-lo para ir na Disneyland, para quem estiver chegando pelo metrô.

CONCLUSÃO

20160215_112722

A Tokyo Disneyland, assim como seus irmãos nos Estados Unidos, é um passeio imperdível para o dia inteiro. Reconheço que este parque em específico, por melhor que seja, não oferece nada de muito diferente em relação ao Magic Kingdom e a Disneyland Califórnia. Quem procura uma experiência de parque de diversões diferente, as melhores opções são mesmo o Fuji-Q e a própria Disney Sea, que falarei no próximo post. Mas quem é como eu, fã de parques, que só de ouvir a palavra “Disney” já treme da cabeça aos pés, não tenha dúvida que a Disneyland é o seu lugar.

MAIS FOTOS!

2 comentários sobre “Tokyo Disneyland

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s