Ciência e história natural em Londres

img_20130613_101842

Visitar Londres com a libra a quatro reais pode ser um desafio e tanto para o bolso. A boa notícia para os viajantes da capital inglesa é que a cidade possui diversas atrações gratuitas. A grande maioria dos principais museus não cobram entrada, incluindo essa dupla da região de South Kensigton: o Science Museum e Natural History Museum.

No meu terceiro dia em Londres, acordei as 09:00, tomei meu café da manhã no posto (sanduíche natural + toddynho londrinho) e fui direto para South Kensigton. Um amigo meu que havia morado na cidade alguns anos antes me indicou esses dois museus que ficam um do lado do outro. Sendo ele um viajante que raramente se prende às atrações mais turísticas e óbvias, fiquei surpreso que tenha me recomendado com tanta convicção dois museus com temáticas tão comuns de se encontrar pelo mundo. Mas realmente a insistência dele não poderia ter sido mais justificada.

img_20130613_121639

Para começar, ambos são de graça. Algumas atrações paralelas até custam algumas libras, mas as respectivas exposições permanentes são totalmente 0800. Comecei pelo Science Museum, dono de uma coleção invejável de objetos relacionados a eletrônicos, exploração espacial e outras tecnologias. Embora os itens macros, como aviões, carros e locomotivas sejam sem dúvida a parte mais chamativa, quem tem um mínimo de nostalgia, vai adorar o acervo de peças antigas que eles possuem. Incluindo videogames, computadores, instrumentos e etc. O passeio que poderia durar 1 hora, para mim durou quase três, tamanha a quantidade de coisas interessantes tão dentro do meu universo.

Depois do Science, fui para o outro museu vizinho, realmente à uma distância de poucos passos. Como andei muito no primeiro, confesso que fiquei um pouco cansado para aproveitar o Natural History com a mesma intensidade. Nem muitas fotos tirei! Mas não por ele ser desinteressante, foi só pelo cansaço mesmo. Pelo contrário, o museu em si é ótimo. Tenho impressão que o fator interatividade é até maior que na versão novaiorquina, embora aqui esteja falando só de uma impressão pessoal. Gostei particularmente da entrada com a escada passando pelo núcleo da terra e da sessão verde com os elementos do planeta (o museu é dividido em quatro sessões temáticas, veja mais nos links abaixo).

O passeio vale muito a pena, especialmente por não custar absolutamente nada. Quem  por acaso estiver disposto a desembolsar algumas libras, dê uma olhada nas atrações pagas do Science que inclui um cinema IMAX e vários simuladores. Ambos os museus estão abertos desde as 10:00 e não foram particularmente demorados de entrar (embora eu sempre recomende chegar cedo, afinal não tem coisa pior que fila).

Mais informações:

Science Museum – Abre de 10:00 as 18:00 – www.sciencemuseum.org.uk

Natural History Museum – Abre de 10:00 as 17:50 – www.nhm.ac.uk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s