Conhecendo o museu de Videogame em Berlim

20161211_155920

Museu é o que não falta em Berlim. Além da própria ilha dedicada a eles, existem diversas opções menores dos mais variados assuntos ao redor da cidade. Para nós, público gamer, existe um mais do que especial: o museu dos jogos eletrônicos, Computerspielemuseum.

Situado no meio da Karl-Marx-Alle, próximo a estação Weberwiese do U-Bahn (metrô), o Computerspielemuseum abriu em 1997, se tornando a primeira instituição no mundo a montar uma exposição permanente sobre o tema entretenimento digital. Desde esta época, o museu vem acumulando jogos, consoles e outros artigos relacionados, acompanhando a evolução dos videogames enquanto mídia. Atualmente, o acervo já conta com mais de 22 mil jogos, 300 consoles e 10 mil jornais e revistas especializadas.

20161211_162041

Parte de todas estas relíquias se encontram na sede aberta a visitação, tanto para ver quanto para se jogar. O passeio começa com a exposição sobre a história dos games, cheia de objetos, fotos e textos explicativos. Quem já teve contato com documentários ou programas de TV do gênero, certamente vai ver muita informação repetida. Mas a parte legal é poder ver de perto e com explicações detalhadas muitos dos sistemas que normalmente só ficaram nas fotografias, vídeos e propagandas de época.

Durante ou após a exposição (cada um escolhe sua ordem de preferência), o visitante pode experimentar diversos jogos, que vão desde os mais primitivos, até lançamentos recentes como Super Smash Bros ou No Man’s Sky. Mas os destaques ficam mesmo para os jogos “especiais” que não se encontram em qualquer lugar, como o Pac-Man em joystick gigante, o Pain Station (Pong que pune o perdedor fisicamente) e algumas experiências em 3D ou realidade virtual.

20161211_162418

E o mais bacana foi o esforço do museu em inserir alguns jogos nos contextos de suas épocas. Então ao invés de “game stations” simples (que também estão presentes), alguns títulos são colocados em pequenos cenários simulando quartos da década de 90, ou fliperamas dos anos 80. A melhor parte: nada de fichas ou crédito, o ingresso dá direito aos visitantes ficarem o quanto tempo quiserem, com jogatina liberada até o horário de fechamento.

Em resumo, o Computerspielemuseum é uma parada obrigatória para qualquer um minimamente interessado em games. Para público normal, eu diria que 1 hora é o suficiente para passar lá dentro. Agora, se você é daqueles gamers mais apaixonados, então pode reservar a tarde. Eu garanto que o passeio vai render.

Mais informações:

Computerspielemuseum

Karl-Marx-Allee 93A, 10243 Berlin

Abre diariamente de 10h as 20h. (sextas e sábados até as 21h)

Como chegar: Pegar a estação Weberwiese do U-Bahn.

Preço: 9 euros (7 euros para quem entrar a partir de 18h)

Site oficial em inglês: www.computerspielemuseum.de/1210_Home.htm

MAIS FOTOS:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s