Disneyland Paris

20161208_113944

Finalmente chegou a hora mais esperada depois de toda viagem que eu faço: falar de Disney. Minha missão divina de conhecer todas as ‘disneylândias’ ao redor do mundo continua, agora com mais uma aquisição importante no passaporte: a divertida e preciosa Disneyland Park Paris.

Inaugurado em 1992, originalmente como Euro Disney, o parque sofreu uma dose considerável de rejeição da população francesa durante muito tempo. As atrações eram poucas, a frequência do público muito abaixo do esperado e a administração sofria com brinquedos defeituosos. Ainda no início da década de 90, chegou a correr grande risco de fechar devido a problemas financeiros.

Felizmente, já em meados da década, com novas atrações sendo inauguradas e muita verba em publicidade, o parque começou a ver seus primeiros lucros. Em 2002 passou por uma mudança de nome, substituindo a palavra “Euro” por “Paris”, na tentativa de se conectar mais com a identidade local, o que aparentemente deu muito certo.

Desde então, o complexo ganhou em tamanho e qualidade, replicando os moldes dos demais resorts da companhia do Mickey. O atual “Disneyland Paris” abrange dois parques (Disneyland Park e Walt Disney Studios Park), sete hotéis, uma área de entretenimento e um campo de golf. Hoje, o Disneyland Park é o 9º parque mais visitado no mundo e o 1º da Europa, segundo a Themed Entertainment Association.

O PARQUE

mapa

Aqui não tem muito o que explicar para quem já conhece qualquer Disney do mundo. O modelo é o mesmo do Magic Kingdom e das similares na Califórnia, Hong Kong e Xangai: um grande castelo no meio, com diversas áreas temáticas ao redor. Neste caso de Paris, são elas: Main Street U.S.A (entrada), Frontierland (estilo velho oeste), Adventureland (lugares exóticos e aventura), Fantasyland (lar das princesas) e Discoveryland (inspirado em Jules Vernes e outros autores europeus).

O público costuma ser alto, mesmo em baixa temporada, mas não o suficiente para abarrotar as atrações. Em Paris, as rides mais adultas tendem a ser bem fáceis de visitar, em contraponto às atrações infantis (como foto com princesas e personagens) que normalmente ficam bem cheias o dia inteiro. Claro que isso pode mudar dependendo da época e dia que você for, mas em regra geral é um parque bem tranquilo de aproveitar (diferente do Japão, como comentei aqui).

O Fastpass (sistema fura fila), assim como em Tóquio, funciona ainda do jeito antigo. Todos com ingresso tem direito a três passes iniciais com hora marcada, que precisam ser retirados em máquinas automáticas na entrada de cada atração. Mas não se preocupem, o público já está acostumado e tudo funciona maravilhosamente bem. Como sempre, recomendo correr nas atrações de interesse, tirar seus Fastpass e depois sair para passear. Economizar tempo em fila é sempre essencial em qualquer viagem.

INGRESSOS

dsc02069

A compra pode ser realizada pelo site oficial: Disneylandparis.com, que é sem dúvida o método mais fácil e confiável. São várias opções de ingressos, então antes de fechar o pedido é melhor conferir com atenção se o preço escolhido é realmente o melhor para sua viagem. Fora promoções sazonais e ingressos inclusos em pacotes, no geral eles oferecem as categorias Magic Flex, Super Magic, Magic e Mini. Em resumo:

  • Magic Flex – Válido por um ano a partir do dia da compra, para qualquer dia que desejar.
  • Super Magic – Válido por alguns meses a partir do dia da compra, para qualquer dia exceto algumas datas especiais.
  • Magic – Válido por alguns meses a partir do dia da compra, para qualquer dia exceto algumas datas especiais que só podem ser acessadas por visitantes com ingressos Magic Flex e/ou Super Magic.
  • Mini – Válido por alguns meses a partir do dia da compra, apenas em dias da semana. Não podem ser usados em determinadas épocas de alta temporada.

Além dessas categorias, os visitantes podem escolher “1 Day/2 Parks” ou “1 Day/1 Park”. No caso do primeiro, dá o direito de visitar os dois parques em um só dia. Eu sempre acho melhor dedicar um dia inteiro para cada parque, mas se tiver pouco tempo em Paris talvez valha a pena condensar tudo em 1 dia. Veja o que é melhor para o seu cronograma! Para facilitar, coloco abaixo o mapa de acesso para cada categoria de ingresso. Essa tabela é atualizada periodicamente, mas dá para ter uma noção do que melhor se encaixa na sua viagem.

schedule-tickets-str

Fonte: site oficial da Disneyland Paris.

ATRAÇÕES

dsc02101

Como sempre vou listar as minhas atrações favoritas, indicado com um (+) as que mais valem a pena usar o Fastpass. A lista completa pode ser encontrada no site oficial, clicando aqui.

  • Space Mountain®: Mission 2 (+) – Minha atração favorita do parque. É uma montanha russa indoor, “continuação” da Space Mountain do Magic Kingdom. Não tem nem como descrever, apenas recomendar muito. Dá para ir como Single Rider também e cortar fila sem usar o Fastpass.
  • Indiana Jones and the Temple of Peril (+) – Montanha russa temática do Indiana Jones, muito divertida, com looping de 360º e voltas bem rápidas.
  • Big Thunder Moutain (+) – A montanha russa tradicional da Disney. Simples, rápida, mas deliciosa.
  • Star Tours (+) – O famoso simulador inspirado na saga Star Wars. Fã que é fã não perde isso aqui por nada.
  • Phantom Manor – A casa mal assombrada de Paris segue o mesmo molde das demais. Mas nem por isso deixa de ser extremamente divertida.
  • Buzz Lightyear Laser Blast – Brinquedinho do Toy Story de atirar e competir com seu amiguinho. Parece bobo, mas é uma diversão só.
  • Pirates of the Caribbean – Outra atração clássica, mas super bacana. Um tour pela vila de piratas com animatronics e efeitos especiais.

Outras atrações: It’s a Small World, Peter Pan’s Flight, Autopia, além do próprio Castelo da Bela Adormecida e os ‘meet the character’ (para tirar foto com o Mickey e as princesas). Importante destacar: SEMPRE olhe no site oficial as atrações que estão fechadas no dia em que pretende ir. Dependendo da época, podem ter muitas em manutenção e acabar prejudicando seu passeio.

ALIMENTAÇÃO

dsc02098

Não foge muito do que dá para encontrar nas outras Disneys. Mas nesta tive a ligeira impressão de ter achado menos opções que o normal. As refeições não fugiam muito de sanduíches e fastfood. Para comer um pouco mais saudável, recomendo os Wraps e sanduíches naturais que dá para encontrar na Main Street U.S.A. Claro que sempre existe a alternativa de desembolsar um pouco mais e comer nos restaurantes mais bonitinhos. Se este for seu caso, o Agrabah Café na Adventureland oferece buffet “all-you-can-eat” na faixa dos 35 euros.

COMO CHEGAR

dsc02066

O caminho até a Disneyland Paris não poderia ser mais fácil. Existe algumas opções de Shuttle saindo do Aeroporto e do centro da cidade, mas eu não recomendo. A melhor opção é o trem urbano da linha RER A (A4). Dá para pegar de algumas estações bem centrais como a Châtelet – Les Halles e a Gare de Lyon, custa 7,60 euros cada trecho e dura em torno de 50 minutos. A estação da Disney é a Marne-la-Vallée Chessy (que já vem identificada com uma orelhinha do Mickey, não se preocupem).

O importante a se observar é se você está na bifurcação certa da linha (A4). Olhando no painel de saídas da estação e no próprio indicador dentro do trem, procure ver se a estação Marne-la-Vallée está com a luz acesa. Se sim, sente e aproveite a viagem.

Os bilhetes podem ser comprados na hora, em qualquer estação. Lembre-se de guardá-los até o final da viagem. Recomendo já comprar ida e volta para evitar filas na hora de voltar do parque. Principalmente se estiver saindo em horário com fluxo grande de pessoas.

CONCLUSÃO

dsc02090

Eu não me canso de Disney. Essa é minha terceira, metade da missão cumprida. Ai você me pergunta: vale a pena? Olha, para mim, com certeza. Mas é importante ter algumas informações em mãos: a versão parisiense é uma das menores Disneys, tem menos atrações e empalidece um pouco perto do Magic Kingdom. Então acho que depende do seu perfil e de quanto tempo tem a sua disposição. Se é sua primeira vez em Paris e dispõe de poucos dias, talvez não valha tanto a pena. Mas se já foi na cidade outras vezes, gosta de parques e/ou tem muitos dias para passear, então pode ir sem medo. Como eu sempre digo, Disney é sempre uma promessa de diversão e felicidade por um dia inteiro.

MAIS FOTOS!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s