O que aprendi na fila de Hamilton na Broadway

hamilton

Assistir espetáculos na Broadway é maravilhoso, mas também pode ser uma experiência cara e bem cansativa. Especialmente quando estamos falando de Hamilton, o maior hit dos últimos três anos.

Pra quem não conhece, um breve resumo: Hamilton foi criado por Lin-Manuel Miranda, autor de In The Heights e das canções de Moana, e conta a história de Alexander Hamilton, primeiro secretário de tesouro dos Estados Unidos. Estreou em 2015 no Off-Broadway, mas devido ao enorme sucesso conseguiu a transferência pra Broadway ainda no mesmo ano. Desde então, o musical virou a sensação de Nova York, arrebatou 11 Tony Awards, ganhou duas turnês nacionais, uma companhia fixa em Chicago e estreou em Londres no West End. Ou seja, não é de se estranhar que os tickets sejam tão caros e tão difíceis de conseguir.

Este ano, em fevereiro de 2019, tentei com todas as minhas forças assistir durante a última viagem, mas infelizmente não consegui (grande parte por culpa minha – leia-se: pouca pesquisa). Entretanto, o fracasso serviu para aprender algumas lições de como arrumar ingressos para Hamilton sem gastar uma fortuna incalculável. Então vamos às dicas valiosas!

hamilton2

  1. As vendas no site oficial (Ticketmaster) costumam abrir com 7 a 8 meses de antecedência. Comprando com esta janela é possível encontrar tickets na faixa dos $350. Se isso for sua realidade financeira, vá em frente e compre, pois o ideal é já chegar em Nova York com tudo garantido. Com o tempo o preço só aumenta, podendo até passar dos $1.000.
  2. Uma opção também é ficar de olho em sites de revenda como o Stub Hub. Por lá as vezes aparecem ofertas por $200/$250 ou menos. Só lembre-se de uma coisa: o site tem taxas de conveniência altas (espere uns $60 a $70), então vá até o final do processo pra ver o valor total. No Stub também dá pra achar ótimos preços pra apresentações próximas ou no mesmo dia, porque os revendedores começam a diminuir os valores. Mas claro, não dá pra ficar contando com isso, nem sempre acontece.
  3. Uma última alternativa é procurar pelo Broadway.com. Ocasionalmente aparecem super ofertas que ninguém tá esperando. Comigo quase funcionou: uma semana antes de viajar apareceu 1 ticket por $225 bem no meio da plateia. Cliquei desesperado, mas quando fui fechar a compra deu a mensagem que alguém já tinha selecionado antes de mim. (não preciso dizer o quanto berrei de desespero…)
  4. Caso você vá pra Chicago ou outras cidades nos Estados Unidos (National Tour), dê preferência para assistir fora de Nova York. Os ingressos são consideravelmente mais baratos, sendo possível encontrar bons lugares por menos de $100. Claro que com quanto mais antecedência você adquirir, melhor vai ser.
  5. Mas beleza, não deu pra comprar antecipado, qual a melhor opção? Primeira coisa é tentar a loteria diária. Todo espetáculo na Broadway costuma ter uma “lottery” que sorteia ingressos por quantias irrisórias. No caso de Hamilton custam $10 (quase de graça) e o processo é todo online, via aplicativo de smartphone. A inscrição abre as 11:00 da antevéspera da apresentação e fecha no dia seguinte as 09:00. Eles notificam os vencedores em até 2 horas, dando um prazo de mais 5 horas para efetuar a compra (ou seja, 16:00 do mesmo dia). Importante destacar que é necessário apresentar documento com foto na bilheteria. Cada sorteado pode reivindicar no máximo 2 lugares. Mais info: hamiltonmusical.com/lottery
  6. No caso de você não ser um dos felizardos da loteria (bem possível, não é nada fácil ganhar), resta uma última opção, talvez a mais dolorosa de todas. Neste ponto, destaco que vou contar minha experiência pessoal, afinal já encontrei relatos mais positivos e outros bem mais sofridos. Mas o que todos tem em comum: muita paciência e ansiedade. Estou falando da “Cancellation line”, famosa “fila de espera” em bom português. Todos os dias sobram alguns convites não utilizados, que a produção disponibiliza pra quem está esperando na cancellation line. Segundo o segurança na porta me disse, uma média de 10 a 15 ingressos costumam sobrar pra cada performance. O grande problema começa agora: você pode ser chamado a qualquer momento da abertura da bilheteria até o horário de início (19:00 / 20:00). Além disso, a espera é do lado de fora do teatro, o que te deixa refém de chuva, calor ou frio extremo de Nova York. Sei de gente que entrou na fila e comprou super cedo (tipo 16:00) ou conseguiu até mesmo tendo mais de 15 pessoas na frente, mas nenhum destes foi o meu caso. Nas duas ocasiões que tentei, não senti nem o cheiro da entrada. No primeiro dia eu cheguei as 14:00, os ingressos só foram liberados 10 minutos antes do espetáculo e 6 pessoas foram chamadas (eu era o 10º). Já no segundo, entrei na fila as 18:00 e novamente só meia dúzia conseguiu faltando 5 minutos pra começar. Ou seja, o que eu quero dizer: pra evitar frustrações, o segredo é chegar na fila as 13:00 pra ser o 1º ou o 2º, desta forma é bem difícil ficar de fora. E lembre-se: leve companhia pra revezar as idas ao banheiro/compra de lanche e esteja munido de séries, joguinhos ou um livro pra se distrair. Importante: os ingressos da cancellation line custam $229 (tem também uns por $40 pra assistir em pé, mas não ofereceram nenhum nos dias que fui).
  7. Por fim, uma última dica que serve pra qualquer uma das modalidades de compra: tente Hamilton de terça a quinta. Sextas, sábados e domingos sempre tem mais procura.

Espero que não tenha feito ninguém desistir! Hamilton é uma unanimidade, daqueles musicais que marcam a vida de qualquer um. Se você conseguir assistir, por favor conta aqui embaixo e me deixe com um pouco de inveja.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s